Notícias


Novos laboratórios de informática no Gragoatá
Seg, 16 de Setembro de 2013 16:31

Foram inaugurados, na última quarta-feira, 11 de setembro, dois laboratórios de informática no Bloco A do Campus do Gragoatá. Os laboratórios buscam suprir a demanda por novos computadores e espaços adequados e oferecem a possibilidade de maior dinâmica durante as aulas. Os espaços já serão utilizados neste semestre. Um laboratório é destinado ao curso de Estudos de Mídia, na sala 402, e o outro poderá ser utilizado por outros cursos, na sala 404.

Os laboratórios surgiram a partir de esforços dos professores, que com o auxílio da Pró-Reitoria de Graduação (Prograd), obtiveram recursos da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (Faperj), no edital de auxílio instalação.

O coordenador do curso de Estudos de Mídia, Viktor Chagas, explica que o laboratório é inovador, pois foi desenvolvido a partir de um projeto da Faculdade de Educação da Uerj, dentro do sistema nomeado "Revoluti", que apresenta uma sala de aula do futuro, onde cada aluno tem o seu computador e as mesas permitem a formação de grupos de maneira mais ágil.

Segundo o pró-reitor de graduação, Renato Crespo, a outra unidade funcional de sala de aula (Ufasa) da UFF, Bloco H do Campus da Praia Vermelha, também ganhará, futuramente, laboratórios de informática. “Temos que criar estratégias de ensino e estar atentos às tecnologias. O nosso objetivo é propiciar a melhoria da formação acadêmica”, afirmou Crespo.

O diretor do Instituto de Arte e Comunicação-Social (Iacs), Leonardo Guelman, destacou que os laboratórios vieram para suprir as demandas dos cursos, tanto na área de pesquisa, quanto na área da graduação. “Na medida do possível, as aulas de informática virão para o Bloco A, tanto do curso de Estudos de Mídia, que já está aqui, quanto dos cursos de Comunicação, Biblioteconomia e Arquivologia.”

Antes de cortar as fitas para a abertura oficial da sala, o vice-reitor, Sidney Mello, parabenizou a luta dos professores pela busca de melhoria no ensino e destacou o fato de a universidade estar em constante transformação e crescimento. "Se não tivéssemos professores e administração com entendimento acadêmico forte, nós nunca flexibilizaríamos salas de aulas dessa forma", disse o vice-reitor.

 
«InícioAnterior12345678910PróximoFim»